Entrevista com DJ David Moralles
agosto 5, 2014
Entrevista com o DJ Joey D’Lima
agosto 7, 2014

ENTREVISTA COM DEEJAY GUTTO SOUSA (ANNUBYS)

Deejay Gutto Sousa começou sua carreira Igual a maioria dos Djs de sua época, fazendo festas de amigos, olhando e perguntando.

O que mais motivou Gutto foi seu gosto pela música sendo os estilos musicais que mais o agradam,Black Music e House Music! A Black Music, pelos vocais contagiantes das negras e negros americanos em sua maioria e House Music pelos timbres e batidas alucinantes, em especial a vertente Tribal. – Por Gutto Sousa.

Perguntamos a Gutto que estilo musical influencia seu projeto artístico, e em resposta ao portal o seguinte: - Black Music, buscando usar sempre umas pitadas de timbres da House Music. – Por Gutto Sousa

Perguntamos se Gutto atua somente em seu projeto artístico ele disse: - Durante 10 anos eu assinei como Annubys Dj, fazendo remixes de vários artistas, mas atuo também com o cantor Rapha Valloury.- Por Gutto Sousa

Perguntamos a Gutto quais seriam seus Hobbies, e em resposta ao portal ele disse: - O meu Hobbie é ser Dj, Vj e desenvolver artes gráficas - Por Gutto Sousa.

Gutto já se apresentou em grandes casas como a Boate Maria do céu (Maricá/RJ), Boate Stomp (Maricá/RJ), Mofo Bar (Lapa/RJ).

Perguntamos a Gutto como descreve a cena de seu projeto artístico atualmente, em resposta a ao portal respondeu: - Como no meu caso eu produzo mais remixes de black music, eu acho que este estilo já foi mais difundido no Rio de janeiro, que é onde eu moro. No caso da House music, ele está sempre em expansão devido aos nomes das maiores referências que tem hoje pelo mundo. – Por Gutto Sousa

UMA DICA PARA QUEM DESEJA COMEÇAR UM PROJETO ARTISTICO

A minha dica é estude sempre sobre tudo o que envolve o estilo que quer trabalhar. Estudar sempre é a base de tudo.- Por Gutto Sousa.

MENSAGEM A SEU PUBLICO

"Fico imensamente grato por todas as curtidas em minha página, sou grato por todas as vezes que me aplaudiram e também para os que sempre criticaram o meu trabalho. Costumo sempre dizer que prefiro me guiar por criticas, das quais por elogios, está aí o motivo pelo agradecimento pelas criticas. Obrigado a Live Fest pela oportunidade e Vamos que vamos que o som não pode nunca parar. "– Por Gutto Sousa

Texto: Gustavo Sanches
Portal: Turnpage